Empreender pode ser a virada de chave em sua vida

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Amigo leitor, estamos em nosso último artigo nesse ano de 2021 e daqui há pouco completaremos dois anos de restrições provocadas pela pandemia. Algumas coisas mudaram e infelizmente não para o caminho que gostaríamos. A inflação voltou a ser um fator presente em nossas vidas, ficou mais caro para viver e a nossa renda não está acompanhando a velocidade com que as coisas encarecem.

 

Temos muitos caminhos para os quais podemos seguir, todo final de ano sem perceber nos organizamos em uma reunião com nós mesmos e nos perguntamos: “Está chegando o novo ano e o que quero realizar no ano que vem?”.

 

Nesse artigo gostaria de ir um pouco além do que apenas falar sobre indicadores e perspectivas econômicas que para o ano que se aproxima por se tratar de ano eleitoral ainda são uma incógnita porque podemos ter um ano desafiador como todo ano em que temos eleições como também um ano muito próspero com o reaquecimento da economia de acordo com que o controle da pandemia evolui e as restrições caiam. Por se tratar de uma fase singular em nossas vidas talvez nem tudo aconteça da forma como estamos acostumados.

 

Essa não é a primeira e nem a última crise que vamos vivenciar, no Brasil já tivemos as mais diversas como o confisco das poupanças pelo governo Collor no ano de 1990, apagão e racionamento de energia no começo dos anos 2000, Covid-19 que começou no ano de 2020 e ainda vai se estender para o ano de 2022 e agora também temos uma severa crise hídrica que afeta muitas cidades e regiões do país e a pergunta que fica é: “Após tudo isso passar, qual será a próxima crise?”.

 

Crises geram os mais diversos problemas e problemas nos forçam a ser criativos, nos pressionam a pensar fora da caixa e a buscar novos caminhos para prover o nosso sustento e o de nossas famílias, a perda dessa zona de conforto muitas vezes nos forçam a empreender e empreender pode ser o ponto de virada em nossas vidas. Minha história é consequência disso, meu pai trabalhou por 16 anos em uma empresa aqui da cidade de Salto, ele percebeu que a idade estava avançando e que logo poderia perder seu emprego e dificilmente conseguiria um novo emprego com a mesma renda e condições. Se antecipou e durante alguns anos trabalhou focado em abrir uma loja de materiais de construção que funcionou por mais de 20 anos e aquele ato apesar de todos os problemas, desafios e percalços mudou completamente o caminho de nossas vidas.

 

Empreender não é fácil e o risco de fracasso é latente, há empreendedores que fracassaram muitas vezes até conseguirem encontrar o caminho do sucesso e cada vez que fracassaram ganharam experiência, errando aprenderam a fazer as coisas do jeito certo e um fato comum em todo ato de empreendedorismo é a conquista de uma renda superior à média de um trabalho remunerado em carteira. Há vários caminhos e opções para começar a empreender e o nosso país precisa muito de novos empreendedores.

 

O cenário para o ano de 2022 ainda é desafiador e empreender pode ser o ponto de virada em sua vida.
Desejamos um feliz natal e um próspero ano de 2022 como muitas conquistas e felicidades.

Receba as principais notícias de Salto e região toda semana em seu e-mail e WhatsApp de forma GRATUITA com a qualidade e profissionalismo que o PRIMEIRAFEIRA apresenta semanalmente em nossas edições na comodidade de seu lar.

    E-mail:
    Celular: