Sem conclusão de laudo, prédio residencial segue interditado

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

A Torre B do empreendimento imobiliário residencial, no bairro Parque Residencial Rondon, segue interditada, assim como um salão de festas vizinho. Segundo a Defesa Civil do município o laudo conclusivo da segurança e garantia do serviço executado de reforço ainda não foi finalizado. Questionada, a Prefeitura informou que os projetos e execução de reforço estrutural da fundação com anotação de responsabilidade técnica de uma empresa autônoma, contratada pela construtora, seriam feitos pelo responsável pelo empreendimento.

 

Lembre o caso
No final de janeiro, muitas pessoas se assustaram com uma trinca imensa que apareceu em um dos prédios de um empreendimento. A obra, que ainda não havia sido entregue aos compradores ainda segue interditada e sem uma definição a ser dada aos futuros proprietários.
Na época do ocorrido, o PRIMEIRAFEIRA procurou a empresa SZN 04 Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda. a qual afirmou que todas as obras e serviços foram executados rigorosamente em conformidade com as normas técnicas e projetos executivos. O prédio foi interditado no dia 31 de janeiro pela Defesa Civil por “cautela” e que, a princípio, não haveria nenhum risco ao imóvel. O imóvel ao lado, de propriedade de uma igreja também foi interditado por segurança em virtude da proximidade com o prédio.

Receba as principais notícias de Salto e região toda semana em seu e-mail e WhatsApp de forma GRATUITA com a qualidade e profissionalismo que o PRIMEIRAFEIRA apresenta semanalmente em nossas edições na comodidade de seu lar.

    E-mail:
    Celular: