‘Lei Lucas’ completou quatro anos ainda sem aplicação nas escolas de Salto

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Aprovada no município há mais de quatro anos, a lei 3732, conhecida por “Lei Lucas”, ainda não entrou em vigor na cidade de Salto. De acordo com a Prefeitura de Salto, a Secretaria de Educação ‘já está em contato com organizações para fazer a devida capacitação’, conforme resposta enviada à reportagem do jornal PRIMEIRAFEIRA.

 

De autoria do vereador Vinicius Saudino, a legislação torna obrigatório que professores e funcionários da educação da rede privada de ensino possuam curso de primeiros socorros, além de priorizar a medida nas escolas da rede pública.

 

A Prefeitura de Salto não deu detalhes de quando os treinamentos serão iniciados, apesar de o líder do Governo na Câmara, vereador Gideon Tavares, ter afirmado na sessão de 26 de julho que a capacitação com professores havia sido iniciada.

 

Ainda por meio de nota sobre o assunto a Secretaria de Educação afirmou que o curso de primeiros socorros, para todos os funcionários, será realizado no 2° semestre de 2022.

 

Sobre o fato da lei não ter eficácia até o momento, o autor do projeto se manifestou na Câmara. Acho uma omissão, porque a lei já foi criada”, diz Saudino.

 

 

Senado Federal

 

No Senado, a lei 13.722/2018, com conteúdo similar foi aprovada em outubro de 2018. Ela determinou que professores, funcionários da rede pública de ensino e profissionais que atuam em estabelecimento de recreação infantil tenham capacitação em primeiros socorros. O objetivo é aumentar a segurança de crianças e adolescentes no espaço escolar.

 

 

Sobre a lei

 

A criação da Lei Lucas aconteceu depois de um acidente envolvendo o menino Lucas Begalli, de 10 anos. No dia 27 de setembro de 2017, ele estava em uma excursão escolar, em Campinas, quando se engasgou com um alimento e acabou morrendo. Nenhum dos professores que acompanhavam os alunos no passeio tinha conhecimento sobre técnicas de primeiros socorros.

Receba as principais notícias de Salto e região toda semana em seu e-mail e WhatsApp de forma GRATUITA com a qualidade e profissionalismo que o PRIMEIRAFEIRA apresenta semanalmente em nossas edições na comodidade de seu lar.

    E-mail:
    Celular: